quarta-feira, 28 de março de 2012

Entre Os Passos Da Felicidade


Apenas trilhe por caminhos que te leve aos teus sonhos, mas se porventura algo der errado
Pare,reflita, mas nunca estacione.
Porque nos trilhos da felicidade não há paradas,não há estacionamentos,somente ladeiras
E espinhos que devemos transpor e objetivar o seu final.
Pois é lá que se encontra o mais alto onde eu possa estar,entre ladeiras e redemoinhos
Me mantenho firme a cada passo,a cada compasso
E se volto sobre o meu passo e me embaraço sei que posso recomeçar,pois entre os trilhos
Da felicidade é lá que devo continuar...
Transpasso a cada passo,ainda que me embaraço não tenho receios dos laços,
Caminho até me encontrar em inchaço,
Sem perder os cadarços,nem me importa com o que tens ou o que faço,
Conquistando o impossível esse sou,uma eterno e louco sonhador,
Mas estarei completa com o teu amor,eterna apaixonada sou.
Entre os rumos que a vida leva aqui estou parada esperando o sol se por,
Para que possas nascer um novo dia,a espera da tua companhia aqui estou.
Tomo tua mão e te levo aos mais belos montes onde avistamos sonhos em tempo real,
Felicidades em formas de brisa, liberdade em formas de conquista,
O abstrato sendo materializado para que possamos cantar a canção que nos embala num eterno caminhar.
Nesta longa caminhada sei que posso confiar,mesmo não te sentindo em meus sonhos vou te achar,
E lá nos encontramos,pego a tua mão e vamos viajar neste sonho,
Onde sei que no real da vida nos encontraremos e em algum elo perdido sei que já nos encontramos.
O melhor de todos os sonhos é quando despertamos e percebemos
Que o mundo real faz parte desta fantasia,onde encontramos as mais belas flores e podemos Colher os frutos do amor sem se importar com o Fechar ou abrir de nossos olhos.e nesse mar de sonhos
E fantasias busco o meu sonho e te convido a vir desfrutar desta alegria,
Pois já fazes parte da minha vida.
Entre os campos vou correndo,entre os montes vou cantando,de noite ou de dia o amor é o nosso encanto.
Abro a porta do meu coração para que faças a mais fantástica viagem,
Onde encontrarás estradas em paz,os rios como o meu perdão,atmosfera que te exala como a liberdade
E o horizonte,sem fim,sem medidas,este é o meu amor por ti,que te busca para um fantasioso infinito.
E que não seja apenas um sonho bordado com fios de ouro,que seja também o mais puro desejo,
De ser ao invés de ter,assim quem sabe seremos o reverso do desencontro,
Lavando a alma e transparecendo o sentido único da existência humana... O amor.
Ah... e é tão bom viver a vida sem ter que gerar uma despedida,
Sabendo que lá na frente estará ao meu encontro,
E na espera constante corações e sonhos se revela ao nosso alcance,
E se duas almas que se beijam ao menos sem se tocarem,é porque foram feitas para juntos estarem.
Assim somos nós confidentes,sonhador,poeta indagando o amor.
E se de algum modo procurares e não achares,entre as flores estarei,
Entre os vales saberás que a beleza desse encanto prevalecerás.
E é por que foram feitas uma para a outra,é coisa de Deus ao qual alguns preferem chamar de destino.
Não quero somente a sombra de tu em mim,quero-te por completo,
Cada vez mais próximo até que esteja em mim.
Uma só alma que flutua nas nuvens da paixão
Com os corações fervendo como o grande Vesúvio que arde e queima todo ódio
E transforma uma mera intolerância em uma pureza de paz..
E entre os passos da felicidade,entre os sonhos do coração,
Apenas escrevendo com a alma e pintando a nossa história com emoção.

(Autoria de: Jhennyfer Ferreira, Vagner Verniz & Paulo Cunha)