domingo, 29 de abril de 2012

Quando

Quando te vejo, novas formas na natureza se formam




Quando te encontro, um leque de desejos se abrem



Quando penso em ti, deforma-se o meu imaginar



Quando estás perto, meu corpo estremece



Quando você fala, ouve-se apenas a balada romântica



Quando estás distante, falta-me o ar



Quando estamos juntos, o amor fala por nós.