domingo, 16 de novembro de 2014

Taça de Amor

Me embriaguei de tuas palavras
Tua voz , desenvoltura de meus sentidos
Caio de joelhos, olhos a olhos conferidos
Frases sem sons, não caligrafadas

Uma taça de amor, um brinde de paixão
Tin-tin por tin-tin, beijo por beijo
Harmoniosa beleza é o que vejo
Com destreza toco em teu coração

Tal maneira sou eu assim
Tão louco por ti
Sem grandezas enfim

Aguardando apenas teu singelo "sim"
A doçura de teus lábios que eu senti
Você, perfeita e reluzente junto a mim