quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Novo Ano

As horas se findam
Os 365 motivos de um calendário ficam para trás
É a madrugada do ano
Todos aguardando a alvorada
Desejos afloram
Mentes, brilhantes ou não, atingem o ápice
Bons pensamentos transfiguram-se em palavras
Momento de brindar o raiar de um novo sol
As batalhas continuarão em meio a aurora
Renovo e esperança disparam num grand prix
Beijos, abraços, emoção...
Tudo empacotado na mesma cordialidade
Família, amigos, pessoas, humanidade...
Um compasso sem precedentes
As batidas no peito seguem o fluxo fora dos controles
Tudo se mistura
Somos o bolo esperando a cereja
Ingredientes de amor e paixão
Vamos servir, vamos festejar o novo dia
É tempo de alegria
Instante de felicidade duradoura
E que tudo se cumpra conforme nossos anseios...