quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Mistérios De Um Amor

Invadir o misterioso esconderijo da solidão, para trazer a luz nesta caverna insensata de desconhecidos amores, livrar-se das garras de águias imprudentes que te levam à montanha da soberba, tão vil tu és para ocultar seus ouvidos para meu leve soar, neblinas ao entardecer ou total escuridão em tua alma não significa eficácia de erro vitalício, sabedoria cordial prevalecerá desde o teu amanhecer, linhas imaginárias do teu mundo não constroem fronteiras, somos continente, somos oceanos, incondicionalmente amantes de nossos anseios, todo o incompreensível deste mágico mundo que se derrete nas geleiras da razão se traduz em um sentimento: nosso amor.