terça-feira, 23 de outubro de 2012

O Milagre De Sermos

Somos todos um milagre
Atravessamos rios de fortes correntezas que tentam nos levar
Muitas vezes tentamos desacreditar no impossível
As coisas possíveis tornam-se monótonas para nós
Falhamos em não entender a mera explicação das possibilidades
Sorrimo e choramos com a queda de uma pétala de flor
Seguramente o que está reservado para cada um está no baú de felicidades
O amanhã será a contemplação de um futuro que se faz presente
Não tememos mais as negras nuvens sobre nosso estandarte
A força que retiramos de dentro é incompreensível para si
Para sermos compreensíveis precisamos explicar para nós mesmos o que somos
O milagre da vida já foi explicado quando não podíamos entender
Estendemos a mão, emprestamos os ombros mas coração é algo longíquo
Quremos dizer as palavras, mas o que soa é um silêncio que atravessa tímpanos
Talvez aquilo que deveria ser verdadeiro é apenas uma arte no papel
Seria perigoso se as vozes contemplassem ou maus ouvidos
Mas ainda assim cremos no milagre de sermos alguém
Vivemos pelo dom, vivemos pelo que recebemos
Esse é o milagre...