segunda-feira, 11 de março de 2013

Queria

Queria entender os pensamentos...
Compreender o passado
Acreditar no futuro
Saber a razão do presente
Desprender-se da falta de lealdade sub-humana
Poder desenrolar o pergaminho da dúvida
Interpretar as latitudes de uma paixão
Construir parágrafos para te dizer o que te falta
Plantar raízes, quadradas, cúbicas, infinitas
Multiplicar os lovely sounds em seus ouvidos
Queria ser um jardim...
Mas sou apenas uma plantinha tentando crescer em teu jarro
Minhas folhas ressecam à tua sombra
Queria ser uma floresta...
Mas o teu amor desmatou todo o campo
Sinto queimar, sinto o vento a espalhar
Donde viria tal emoção irracional?
Queria... Queria que fosse apenas um verso...
Mas todas as fontes somaram-se com que tenho para te oferecer.