domingo, 20 de setembro de 2015

Azul Perfeito

Pintamos o azul do céu numa folha de papel, desenhamos nuvens em dia de sol, só não sabemos ilustrar o temporal que a alma dissipa, este brilho que achamos impossível desenhar vai até as cavernas mais sombrias e faz nossos dias sempre serem perfeitos.