sábado, 4 de fevereiro de 2012

Na Poesia Caminho


Incomparável te dizer doces palavras

Na doçura do teu falar me deleito

Quando te imagino, uma linda foto surge em minha mente

Queria tocar seus cabelos

Sentir tuas mãos com as minhas

Olhar as nuvens formando corações nos céus

Se banhar nas cachoeiras represadas de paixão

Pescar a tua benéfica harmonia em sorrisos

Um lindo dia se forma quando te vejo

A escuridão se esconde no brilho que há no teu olhar

Os temporais de amor desabam em minha terra

Difícil seria não ser feliz ao ouvir tua voz

Passam dias, semanas, tempos e tempos...

Meu amor por ti insiste em prevalecer

Caminhos espinhosos ou lisos na trajetória

Assim vai nossos pés lutando

O circuito é sinuoso, a estrada é longa

Porém o amor que tenho é inexplicável.